quarta-feira, 19 de março de 2014

FATO!
























O MORNO NORMALMENTE SE SENTE QUENTE PERTO DO FRIO, E FRIO PERTO DO QUENTE!
ENTÃO SEJA QUENTE E NÃO MORNO.

domingo, 16 de março de 2014

A ALMA É ETERNA E PRECIOSA

A Alma é eterna e Preciosa
Temos falado com freqüência sobre a Armadura de Deus porque estamos preocupados com a coisa mais preciosa que temos: a nossa fé. Vestir-se de toda a Armadura de Deus é cuidar, prevenir e manter a nossa salvação.

Está escrito em Eclesiastes (2.16): "(...) do sábio como do estulto, a memória não durará para sempre; pois, passados alguns dias, tudo cai no esquecimento. Ah! Morre o sábio, e da mesma sorte, o estulto!".

Com a morte tudo acaba: o nome, a glória, o reconhecimento, a riqueza, os pensamentos e os sentimentos. O corpo morre e o espírito, o sopro de Deus em nós, retorna para Ele. Somente uma coisa não acaba: a alma. Por essa razão, aos cuidados da alma devemos dedicar toda a nossa atenção.

Não há nada mais importante que possamos ter em nós do que a certeza da salvação. A esposa, os filhos, a família, o trabalho e o dinheiro não devem significar mais que a fé depositada por Deus em nosso coração.

Vale tudo para proteger essa fé, pois é por meio dela que mantemos a nossa comunhão com o Senhor Jesus. A fé é a ponte entre nós e o Criador. Ela estabelece a nossa relação com Deus; então, se eu permitir que a fé seja contaminada, a salvação estará em jogo também.

O diabo nunca estará satisfeito, ele não quer deixar você à vontade com Deus. O tempo inteiro ele usará pessoas para lhe provocar mágoas. Fará de tudo para plantar sementes de dúvidas no seu coração. Quando isso acontece, a certeza de que tudo acabará bem é minada, pois o elo que liga você a Deus foi quebrado.

Com o intuito de proteger totalmente a fé, o apóstolo Paulo fala em vestir toda a Armadura de Deus. Alerta os cristãos para a fé que vem do Espírito e que traz certeza e segurança, deixando em paz o seu coração, enquanto a dúvida gera medo e tribulação à alma.

Como disse o Senhor Jesus: "Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo" (João 16.33).

É importante lembrar-se de que essa armadura jamais ficará completa se não tiver como base o batismo com o Espírito Santo. Essa é a proteção mais forte e resistente que o cristão pode vestir. O Espírito Santo guia, orienta e dá discernimento àqueles que são selados por Ele.

A alma é eterna e preciosa. É tão preciosa que o Senhor Jesus veio ao mundo para salvá-la. A alma é individual e permanece eternamente para a vida ou para a condenação eterna. E só quem pode determinar onde ela passará toda a eternidade é a própria pessoa durante a sua vida.

Deus abençoe a todos.


Bispo Edir Macedo

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

O PROFESSOR INCRÉDULO E O ALUNO CRISTÃO


Professor: Você é um cristão, não é filho?
Aluno: Sim, senhor.
Professor: Então, você acredita em Deus?
Aluno: Absolutamente, senhor.
Professor: Deus é bom?
Aluno: Claro.
Professor: Deus é todo poderoso?
Aluno: Sim.
Professor: Meu irmão morreu de câncer, embora ele orou a Deus para curá-lo. A maioria de nós iria tentar ajudar outras pessoas que estão doentes. Mas Deus não o fez. Como isso é um bom Deus, então? Hmm?
(Estudante ficou em silêncio.)

Professor: Você não pode responder, não é? Vamos começar de novo, meu rapaz. Deus é bom?
Aluno: Sim.
Professor: E satanás é bom?
Aluno: Não.
Professor: De onde é que satanás vem?
Aluno: A partir de … DEUS …
Professor: Isso mesmo. Diga-me filho, existe o mal neste mundo?
Aluno: Sim.
Professor: O mal está em toda parte, não é? E Deus fez tudo. Correto?
Aluno: Sim.
Professor: Então quem criou o mal?
(Estudante não respondeu.)
Professor: Existe doença? Imoralidade? Ódio? Feiúra? Todas estas coisas terríveis existem no mundo, não é?
Aluno: Sim, senhor.
Professor: Então, quem as criou?
(Estudante não tinha resposta.)
Professor: A ciência diz que você tem 5 sentidos que você usa para identificar e observar o mundo ao seu redor. Diga-me, filho, você já viu DEUS?
Aluno: Não, senhor.
Professor: Diga-nos se você já ouviu o teu Deus?
Aluno: Não, senhor.
Professor: Você já sentiu o seu Deus, provou o seu DEUS, cheirou o teu Deus? Alguma vez você já teve qualquer percepção sensorial de DEUS?
Aluno: Não, senhor. Me desculpe mas eu não tive.
Professor: Mas você ainda acredita nele?
Aluno: Sim.
Professor: De acordo com empírica, Protocolo, Testável demonstrável, da Ciência diz que o vosso Deus não existe. O que você acha disso, filho?
Aluno: Nada. Eu só tenho a minha fé.
Professor: Sim, fé. E com o que a Ciência tem problema.
Aluno: Professor, existe tal coisa como o calor?
Professor: Sim.
Aluno: E existe tal coisa como o frio?
Professor: Sim.
Aluno: Não, senhor. Não há.
(O auditório ficou muito quieto com essa sucessão de eventos.)
Aluno: Senhor, você pode ter muito calor, e ainda mais calor, superaquecimento, mega calor, calor branco, pouco calor ou nenhum calor. Mas não temos nada que se chame frio. Podemos atingir – 236º graus abaixo de zero que não é calor, mas não podemos ir mais longe que isso. O frio não existe. Frio é apenas uma palavra que usamos para descrever a ausência de calor. Não podemos medir o frio. O calor é energia. Frio não é o oposto de calor, senhor, apenas a ausência dele.
(Havia silêncio no auditório.)
Estudante: E sobre a escuridão, Professor? Existe tal coisa como a escuridão?
Professor: Sim. O que é a noite, se não existe a escuridão?
Estudante: Você está errado novamente, senhor. A escuridão é a ausência de algo. Você pode ter pouca luz, a luz normal, luz brilhante, luz piscante. Mas se você não tem luz constantemente, você não tem nada e você a chama de escuridão, não é? Na realidade não é. Se isso fosse correto, você seria capaz de fazer mais escura a escuridão, não seria?
Professor: Então, a qual ponto você quer chagar, rapaz?
Aluno: Senhor, o meu ponto é que a sua premissa filosófica é falha.
Professor: Falha? Você pode explicar como?
Aluno: Senhor, você está trabalhando na premissa da dualidade. Você argumenta que há vida e há morte, um Deus bom e um Deus mau. Você está vendo o conceito de Deus como algo finito, algo que podemos medir. Senhor, a ciência não pode explicar um pensamento. Ele usa eletricidade e magnetismo, mas nunca viu, muito menos completamente compreendeu qualquer um. Para ver a morte como o oposto da vida é ser ignorante do fato de que a morte não pode existir como algo substantivo.
A morte não é o oposto da vida: apenas a ausência dela. Agora me diga, Professor, você ensina a seus alunos que eles evoluíram de um macaco?
Professor: Se você está se referindo ao processo evolutivo natural, sim, claro, eu faço.
Estudante: Você já observou a evolução com seus próprios olhos, senhor?
(O professor balançou a cabeça com um sorriso, começando a perceber aonde argumento estava indo.)
Estudante: Como ninguém jamais observou o processo de evolução em trabalho e não pode sequer provar que este processo é um empreendimento em curso. Você não está ensinando a sua opinião, senhor? Você não um cientista, mas um pregador?
(A classe estava em alvoroço.)
Aluno: Existe alguém na classe que já viu o cérebro do professor?
(A classe explodiu em gargalhadas.)
Aluno: Existe alguém aqui que já ouviu o cérebro do professor, sentiu, tocou ou cheirou? Ninguém parece ter feito isso. Assim, de acordo com as regras estabelecidas de protocolos empíricos, estável, comprovada, a Ciência diz que você não tem cérebro, senhor. Com todo o respeito, senhor, como então confiar em suas palestras, senhor?
(A sala ficou em silêncio. O Professor olhou para o aluno, com o rosto insondável.)
Professor: Eu acho que você vai ter que toma-las pela fé filho.
Aluno: É isso senhor… Exatamente! O elo entre o homem e Deus é fé. Isso é tudo o que mantém as coisas vivas e em movimento.
(Autor desconhecido)

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Forte O Corpo da Morte

O Corpo da Morte

espirito34Para que tenhamos um ano abençoado, como nós queremos, é preciso que estejamos, de fato, em comunhão com Deus, para que as coisas que planejamos dêem certo.
Nós temos um inimigo muito grande, que é a nossa vontade, a nossa carne. Dentro de nós, existem dois “eus”, o “eu” carne e o “eu” espírito. A Bíblia diz que os dois lutam dentro de nós (Gálatas 5.17).
A carne sempre vai lutar para nos afastar de Deus, enquanto o espírito luta pela nossa comunhão com Deus. Se nós não vigiarmos de fato e de verdade, o “eu” carne pode acabar matando o meu “eu” espírito.
O apóstolo Paulo diz: “Porque, no tocante ao homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo, nos meus membros, outra lei que, guerreando contra a lei da minha mente, me faz prisioneiro da lei do pecado que está nos meus membros. Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte?” Romanos 7.22-24
Na época de Paulo, havia uma punição dos romanos para o homicida. Quando era descoberto um assassinato, o castigo para o assassino era ser amarrado ao corpo da pessoa que ele matou. Conforme o corpo entrava em estado de decomposição, ele acabava contaminando o corpo do homicida, fazendo com que ele apodrecesse junto com o corpo. Dizia-se que o nome dessa punição era “O Corpo da Morte”.
Essas palavras do apóstolo Paulo referiam-se a essa punição. Ele quis mostrar que assim também somos nós, que nascemos de Deus: nós carregamos o nosso “eu” carne, um “corpo morto”, amarrado conosco.
Se nós não vigiarmos constantemente, assim como aquele corpo morto apodrecia e matava o corpo vivo, acontecerá conosco também: a velha criatura, que não tem prazer nas vontades de Deus, aos poucos, vai matando a nova criatura, influenciando-a e contaminando-a.
Cabe a nós estarmos sempre atentos para que esse “corpo morto” não venha matar o “eu” espírito, que quer sempre estar na presença de Deus. É importante que estejamos fortalecendo o nosso espírito para que jamais isso aconteça. Não é fácil, lógico, lutar contra suas próprias vontades, mas a todos aqueles que colocam no coração essa determinação de permanecer, Deus deu o seu Espírito para que através d’Ele tenhamos forças para vencer essa luta.
O Espírito Santo hoje quer restaurar tudo aquilo que o “corpo morto” contaminou e matou dentro de você. Tudo depende de que você deixe Ele trabalhar no seu interior.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...